segunda-feira, 23 de março de 2020

Doutora Barrica em casa



Foi diferente. Nem estranho, nem ruim...diferente.

Divertido até que foi.

Nessa última semana os Doutores RiSonhos não puderam realizar suas visitas aos hospitais, assim como muitos outros grupos de palhaços de hospitais do Brasil e do mundo. Estamos em casa.

Mas sabemos que os pacientes e a equipe estão lá, no hospital trabalhando.

Sabemos que têm muitas pessoas (inclusive a gente) muito preocupadas com essa situação do Corona Vírus. A gente está desenvolvendo ou avivando muitos medos dentro da gente nesse período de quarentena, no qual temos que ficar em casa, isolados das pessoas. Então, temos certeza que nesse momento precisamos fazer alguma coisa que possa levar mais leveza para quem está fora da nossa casa, e que também nos dê leveza.

Quem é palhaça ou palhaço sabe o quanto a gente fica mais leve, o quanto a gente respira mais fundo e mais puro com nosso nariz encarnado.

Então começamos, cada um em suas casas, com ajuda das famílias, a gravar os vídeos das palhaças e palhaço a viver dentro de casa, a reagir a essa “pandemia”.

Vemos um movimento crescente de pessoas e artistas compartilhando em suas redes sociais seu dia a dia, sua arte, sua sensibilidade com o mundo. Precisamos muito disso nesse momento.

Não paramos. Não estamos de férias, principalmente nós, artistas. Estamos pensando no que fazer, como fazer, quando fazer. Estamos pensando e agindo de forma a ficarmos saudáveis até esse período passar. Porque depois que passar, a gente vai ter muito mais trabalho para fazer.

E eu só penso: quantos abraços vamos dar nas enfermeiras, nos técnicos, nas médicas e médicos, na equipe da limpeza, da cozinha, da lavanderia, do administrativo, da recepção...quantos abraços vamos dar, para compensar todos esses que a gente não deu?




Michelle Silveira da Silva - Dra. Barrica

segunda-feira, 2 de março de 2020

Doutores RiSonhos retomam atividades com novidades

Gabrielle Heinz e Melaine Pilatto (ao centro) se juntam ao grupo
Grupo apresenta novos integrantes, ampliação das ações e nova marca Depois de um tempinho de férias e um tempão de planejamento, os Doutores RiSonhos retornaram às atividades cheios de novidades. As primeiras visitas já foram realizadas ainda no mês passado, um reencontro com equipe, pacientes e a rotina do local. Mas 2020 chegou para o projeto com diversas mudanças. “O ano vem com muitas novidades para o grupo, mas mantendo o que lhe é essencial: a capacidade de reconhecer o poder de transformação da arte, usando-a como ferramenta de humanização das relações dentro e fora dos hospitais”, destaca Michelle SIlveira, Diretora Artística do grupo. Uma das grandes novidades é a chegada de duas novas integrantes à equipe: Gabrielle Heinz e Melaine Pilatto, as Palhaças Magnólia e Margareth. As artistas passaram por um processo de seleção composto por várias etapas, iniciando ainda em 2019, com a inscrição online, envio dos dados, intenções e comprovação de currículo dos candidatos. Em um segundo momento, foi realizado um treinamento de Palhaçaria e na sequência, uma visita especial aos hospitais, guiada pela Palhaça Barrica. A última etapa foi uma entrevista com os candidatos e todo o processo foi acompanhado pelo coordenador geral dos Doutores RiSonhos, Vinicius Bourckhardt, pela produtora Camila Miotto e a psicóloga Sandra Saugo. O resultado levou em consideração a figura palhacesca, a capacidade de se inserir no ambiente hospitalar, o perfil e alinhamento às diretrizes do grupo. “Tudo em torno dessa seleção teve objetivo de oportunizar momentos formativos e criativos para que as palhaças e os palhaços possam revelar sua essência e suas habilidades, para que pudéssemos admirar cada pessoa que generosamente se propôs a fazer parte desse trabalho. Foi uma rica experiência de conhecer pessoas, artistas e admiradores da arte da Palhaçaria e poder trocar com elas nossas vivências de forma muito afetuosa”, destaca Michelle. AMPLIAÇÃO Além dos novos integrantes, os RiSonhos apresentam também neste ano ampliação das ações do projeto dentro e fora dos hospitais. Nas instituições, serão desenvolvidas rodas de conversa, oficinas e apresentações direcionadas para a equipe. Na comunidade, as ações serão ampliadas através do desenvolvimento do Núcleo de Pesquisa e Formação em Palhaçaria no Hospital. NOVA MARCA
Nova marca foi lançada hoje nas mídias do grupo
Outra mudança, lançada hoje pelos RiSonhos, é a nova marca do grupo. Em construção desde o ano passado, ela traz novos e antigos elementos. Nossa primeira marca foi criada em 2013, foi recriada em 2015 e repensada em 2017. Gostávamos muito dela, mas sentíamos a necessidade de que ela apresentasse elementos do hospital, já que atuamos preferencialmente nesse ambiente”, comenta Michelle. O coordenador geral dos RiSonhos destaca que a mudança faz parte da evolução. “Com o amadurecimento do trabalho, fomos observando a necessidade de nos apresentarmos como parte do contexto hospitalar, já que a nossa relação com o hospital e profissionais da saúde se estreitaram com o tempo, essa logo é um símbolo de integralização do trabalho no hospital”. A nova “cara” dos RiSonhos foi pensada pelo designer gráfico Miguel Vassali e a Assessora de Comunicação Carla Chiavini. Para a coordenadora artística, o resultado não poderia representar melhor o grupo: “Divertida, lúdica, com elementos do hospital e da Palhaçaria, além de trazer sutilmente aquela que tem sido nossa companheira há anos, que na prática é a lembrança e marca dos Doutores Risonhos: a florzinha”. DOUTORES RISONHOS Artistas que escolheram o hospital como palco, os Doutores RiSonhos já completam 91.760 pessoas atendidas em Chapecó. O grupo realiza visitas semanalmente no HRO e HC, além de intervenções artísticas na comunidade, apresentações de espetáculos e atividades corporativas em empresas e instituições de ensino. O grupo também mantém a atividade de formação continuada de palhaços, oferece oficinas de iniciação à palhaçaria e formação em palhaçaria no hospital. A atuação nas instituições de saúde tem como foco transformar o ambiente, ressignificando-o, colaborando para o bem-estar dos pacientes e gerando conexões reais e empáticas entre os envolvidos.

Palhaços em construção

Oficinas de formação dos Doutores RiSonhos fomentam a prática da palhaçaria em Chapecó Desde 2016, os Doutores RiSonhos realizam ofici...