As visitas durante a pandemia foram bem desafiadoras

 


VISITAS DURANTE A PANDEMIA

A pandemia do Coronavírus que paralisou o país e o mundo no ano de 2020 e se estende por 2021, impactou a realização das visitas presenciais dos Doutores RiSonhos aos hospitais. Por orientação dos hospitais, as visitas foram suspensas a partir do dia 15 de março de 2020 e somente foram retomadas em 01 de setembro de 2020. O retorno se deu somente ao Hospital da Criança “Augusta Müller Bohner”, a partir da apresentação de um rigoroso protocolo de ações, criado pelos Doutores RiSonhos, e seguindo regras de proteção para a equipe e para os pacientes.

De acordo com o protocolo de retorno de atividades, cada dupla realiza a sua visita em apenas um setor por dia, em visitas com duração reduzidas, abordando os pacientes através das portas e janelas, utilizando roupas e máscaras específicas para o ambiente hospitalar, além de redobrar os cuidados com a higienização dos materiais de trabalho e com a saúde individual de cada membro da equipe.

Seguindo esse protocolo, os Doutores retornaram ao Hospital da Criança e passaram por um momento de reaprendizado do trabalho no ambiente hospitalar. Foi preciso aprender como interagir com o espaço, com o distanciamento, com os equipamentos de proteção e com todas as limitações impostas pela pandemia. Foi preciso descobrir a liberdade criativa e os novos espaços, motivos e recursos, diante de tantas limitações.

Retornar ao hospital e poder continuar esse processo de humanização das relações lá dentro, foi inspirador. Os desafios chegaram para mostrar à equipe de palhaços e palhaças, sua capacidade de adaptação e para deixar bem clara a importância de trabalhos artísticos e humanizadores dentro dessas instituições, especialmente em momentos críticos como o que se tem vivido durante a pandemia.

Comentários

Postagens mais visitadas